livro: O Décimo Terceiro Poder de Madalena Santos

Decidi ler este livro não só porque a sua autora é minha amiga, mas também porque ela acabou de lançar o quarto (e último) livro da série, a qual tem feito bastante sucesso em Portugal, especialmente entre as gerações mais jovens.

O livro segue a história de Ne­ferlöen, filha adoptiva do rei de Levionda, um dos doze (quase treze) reinos que perfazem as Terras de Corza. Num ambiente de guerra, crise política e doença, e através de uma série de eventos inesperados, ela ascende a um lugar social de poder normalmente reservado a homens, e torna-se a Dama de Guerra de Levionda. Imediatamente, tem de organizar o seu reino e lutar contra um inimigo misterioso, ao mesmo tempo que combate a inveja e o preconceito de quem se sente ameaçado pelas suas consideráveis capacidades de liderança.

As personagens são o ponto alto deste livro. Mesmo quando reagiam de maneira absolutamente impensável (por normas do presente), faziam-no de acordo com as tradições e as regras da sociedade que em que tinham sido criados. As religiões, a organização social e os protocolos de guerra fazem perfeito sentido dentro das sociedades alternativas criadas pela autora.

Este livro foi escrito quando a Madalena tinha apenas quinze anos, e apesar de já demonstrar um talento notável para contar uma história e desenvolver personagens e sociedades, nota-se a sua idade na linguagem e estilo de escrita. No entanto, sente-se uma evolução a este nível à medida que o livro progride, e não tenho dúvida alguma que se notará ainda mais de livro para livro.

Quanto ao livro como objecto, tenho de confessar que o acho grande demais (problema comum a grande parte dos livros em português) o que tornou impossível a sua leitura fora de casa. De mencionar também o facto de o texto descritivo da contra-capa dizer como o livro acaba, o que é no mínimo estranho. Ainda assim, e depois de ter visto a capa da primeira edição, devo dizer que esta versão está muito mais adequada.

É uma leitura que recomendo vivamente, em especial aos que têm curiosidade sobre os jovens escritores portugueses.

Texto originalmente publicado no Sleepless Bookworm.

Advertisements

About Sofia Romualdo

Curator in training. Book addict. Art lover. Geek. Dreamer.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: